Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

PSD afirma que protesto dos médicos está "fortemente politizado"

A Federação Nacional dos Médicos convocou para esta terça-feira uma greve, que decorre até às 24:00 de quarta-feira
8 de Julho de 2014 às 12:48

O deputado do PSD Miguel Santos considerou esta terça-feira que a greve dos médicos é extemporânea e está "fortemente politizada" pela Federação Nacional dos Médicos e pelo bastonário, que acusou de prosseguirem agendas políticas alheias aos interesses dos doentes.

Independentemente da adesão que venha a ter, o deputado do PSD considerou que a greve dos médicos "é extemporânea e poderia ter sido perfeitamente evitada", sublinhando que acontece num momento "em que existe um diálogo com o ministério da Saúde".

"Na nossa perspetiva a greve está fortemente politizada por parte da Federação Nacional dos Médicos, afeta à CGTP, e por parte do bastonário dos Médicos que estão a prosseguir uma agenda política própria que não é em defesa e não é a bem dos doentes e dos portugueses", defendeu o deputado, em declarações aos jornalistas, na Assembleia da República. A Federação Nacional dos Médicos convocou para hoje uma greve, que decorre até às 24:00 de quarta-feira, em protesto contra algumas medidas do Governo que dizem ameaçar o Serviço Nacional de Saúde.

 

Greve Médicos PSD Federação Nacional Médicos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)