Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

PSD denuncia derrapagem na despesa do Estado

O PSD considerou esta segunda-feira que os dados da execução orçamental do Governo entre Janeiro e até ao final de Maio deste ano demonstram que a despesa do Estado está a “derrapar” e que é “grave” a queda do investimento público, segundo o vice-presidente da bancada parlamentar social-democrata, Miguel Frasquilho.
18 de Junho de 2007 às 20:28
Em conferência de imprensa, Miguel Frasquilho afirmou que os dados entre Janeiro e Maio de 2007 revelam que a despesa corrente primária cresceu 4,9%, acima do orçamento previsto pelo Governo (3,1%).
Segundo o responsável social-democrata, nos primeiros cinco meses deste ano o investimento público “caiu 20,55%”. Um facto que Miguel Frasquilho considerou “grave”. “Baixar o investimento público é prejudicar a economia e contribuir para mais desemprego”, salientou.
“Comprova-se uma tendência negativa” na política económica do actual Governo, declarou o dirigente da bancada social-democrata, acrescentando que “sobem as despesas inúteis e improdutivas do Estado e baixa a despesa de investimento, aquela que é produtiva e que ajuda a criar riqueza”.
Para Miguel Frasquilho, estes indicadores explicam o facto de Portugal “continuar a ter o mais baixo crescimento económico de toda a União Europeia e que os portugueses sintam o respectivo poder de compra a baixar”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)