Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Pyongyang descreve assalto à embaixada da Coreia do Norte em Madrid como "ataque terrorista"

Representação diplomática norte-coreana foi alvo de um assalto em 22 de fevereiro, alguns dias antes da segunda cimeira com Trump.
Lusa 31 de Março de 2019 às 05:43
Kim Jong-un
Kim Jong-un
Kim Jong-un
Kim Jong-un
Kim Jong-un
Kim Jong-un

Pyongyang descreveu este domingo como um "ataque terrorista" o assalto à sua embaixada em Madrid, em fevereiro, reivindicado por um grupo de opositores do regime, segundo um comunicado divulgado pela agência oficial KCNA.

"Um grave ataque terrorista ocorreu em 22 de fevereiro, durante o qual um grupo armado atacou a embaixada da RPDC", disse um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, citando as iniciais do nome oficial do país, Republica Popular Democrática da Coreia.

A representação diplomática norte-coreana foi alvo de um assalto em 22 de fevereiro, alguns dias antes da segunda cimeira, em Hanói, entre o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)