Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Quercus e apicultores exigem "mais empenho" no combate à vespa asiática

Governo diz que "acompanha a situação".
16 de Agosto de 2014 às 10:44

A vespa velutina ameaça a produção de mel e o combate à praga exige "mais empenho" e "esforço de monitorização" para minimizar os danos na apicultura, defendem a Quercus e a Federação Nacional dos Apicultores de Portugal (FNAP).

Estas organizações alertam para o problema no momento em que o Governo, através do Ministério da Agricultura e do Mar (MAM), afirma que "acompanha a situação com máxima atenção e empenho".

Detetada pela primeira vez em Portugal, em 2011, no Minho, este inseto de origem asiática ('Vespa velutina nigrithorax') representa "uma ameaça de peso" para as abelhas, devendo o seu alastramento ser travado, pois constituiria "uma tragédia para a atividade apícola e para os ecossistemas", disse à agência Lusa Ricardo Marques, da Quercus.

Para o ambientalista, cabe ao Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) "um papel mais ativo na resolução do problema", enquanto "autoridade responsável pela introdução de espécies não indígenas".

vespa Quercus Federação Nacional dos Apicultores de Portugal FNAP
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)