Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Quercus liberta 4.000 mexilhões no rio Paiva em Castro Daire

A libertação de quatro mil juvenis de mexilhões-de-rio no rio Paiva, em Castro Daire, está agendada para as 11:00 de quarta-feira
8 de Julho de 2014 às 11:43

A Quercus liberta, na quarta-feira, 4.000 mexilhões-de-rio, no rio Paiva, no concelho de Castro Daire, com o objetivo de aumentar a população envelhecida deste bivalve de água doce, disse Paulo Lucas, coordenador do projeto LIFE ECOTONE.

"Verificamos que não se encontram muitos juvenis de mexilhões-de-rio nas águas do rio Paiva. Foi preciso reproduzi-los em cativeiro e agora serão libertados quatro mil para rejuvenescer a população do rio Paiva", alegou.

A libertação de quatro mil juvenis de mexilhões-de-rio no rio Paiva, em Castro Daire, está agendada para as 11:00 de quarta-feira, no âmbito do projeto LIFE ECOTONE - Gestão de habitats ripícolas para a conservação de invertebrados ameaçados.

Em declarações à agência Lusa, Paulo Lucas explicou que esta é uma iniciativa cofinanciada pelo Programa LIFE+ da União Europeia, e que tem como entidades parceiras a APA - Agência Portuguesa do Ambiente e o Município de Castro Daire. "Este bivalve de água doce encontra-se ameaçado de extinção em Portugal e foi necessário reproduzi-lo em cativeiro. De setembro do ano passado a abril deste ano fizemos a infestação das trutas, onde o mexilhão-de-rio parasita até completar o seu ciclo de vida", esclareceu.

 

LIFE ECOTONE Mexilhões Rio Piava Castro Daire
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)