Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Quercus quer ação contra mudanças climáticas

Francisco Ferreira diz que fenómenos que afetaram a costa serão "cada vez de maior dimensão".
Lusa 2 de Novembro de 2014 às 13:33
"Os custos da inação são muito superiores aos custos da ação", sustenta Francisco Ferreira
'Os custos da inação são muito superiores aos custos da ação', sustenta Francisco Ferreira FOTO: Jorge Paula

A organização ambientalista Quercus alertou este domingo para a necessidade de ação para alterar o curso das mudanças climáticas, fenómenos naturais provocados pela ação humana, tais como os que destruíram parte da costa portuguesa neste ano.

O aumento do nível do mar, a acidificação dos oceanos e o degelo estão a afetar o planeta mais rapidamente do que se pensava", frisou Francisco Ferreira, elemento do grupo de energia e alterações climáticas da Quercus, considerando que, "para Portugal, os impactes serão dramáticos".

Francisco Ferreira, que antevê que os fenómenos naturais que afetaram a costa portuguesa serão "cada vez de maior dimensão e mais frequentes" se nada for feito, alertou, também, para a necessidade de se agir, que é a principal conclusão do Quinto Relatório de Avaliação, aprovado hoje em Copenhaga, na Dinamarca, elaborado pelo Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (IPCC).

Quercus Francisco Ferreira
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)