Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Rali Dakar troca América do Sul pela Arábia Saudita em 2020

Prova foi criada em 1978 sob a designação Paris-Dakar, disputada entre a capital francesa e senegalesa.
Lusa 15 de Abril de 2019 às 15:04
Matthias Walkner no rali Dakar 2018
Matthias Walkner no rali Dakar 2018
Paulo Gonçalves em ação na segunda etapa, disputada em pistas argentinas
Matthias Walkner no rali Dakar 2018
Matthias Walkner no rali Dakar 2018
Paulo Gonçalves em ação na segunda etapa, disputada em pistas argentinas
Matthias Walkner no rali Dakar 2018
Matthias Walkner no rali Dakar 2018
Paulo Gonçalves em ação na segunda etapa, disputada em pistas argentinas

O Rali Dakar, a prova rainha de todo-o-terreno mundial, vai realizar-se na Arábia Saudita em 2020, deixando a América do Sul ao fim de 10 anos, anunciou esta segunda-feira a organização.

"Depois de 30 anos a descobrir África e de 10 anos maravilhado com as paisagens sul-americanas, o maior rali do mundo vai escrever um novo capítulo nos profundos e misteriosos desertos do Médio Oriente, na Arábia Saudita", indica o comunicado da ASO, adiantando que o acordo assinado é válido por cinco anos.

A prova foi criada em 1978 sob a designação Paris-Dakar, disputada entre a capital francesa e senegalesa, e teve várias alterações ao longo do tempo, como a partida de Lisboa em 2006 e 2007, antes de se mudar para a América do Sul, por razões de segurança, relacionadas com o fenómeno do terrorismo, que levaram ao cancelamento da edição de 2008.

De 2009 a 2018, a corrida disputou-se na Argentina, Chile, Peru, Bolívia e Paraguai e em 2019 decorreu pela primeira vez apenas num país, com todas as 10 etapas (ao invés de 14) a decorrerem em solo peruano.

O novo diretor da prova, o francês David Castera, mostrou-se entusiasmado e "inspirado" pela "geografia monumental e que conduz a percursos desafiantes" do território saudita, que espera poderem enaltecer "as qualidades de desporto, navegação e superação" inerentes à prova.

"O nosso país é apaixonado por desporto e o nosso objetivo estratégico é alimentar esse apetite à medida que avançamos para realizar a nossa visão até 2030, na qual o desporto é um dos pilares", explicou, citado em comunicado, o príncipe Abdulaziz bin Turki Al Faisal Al Saud, presidente da entidade responsável pelo desporto na Arábia Saudita.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)