Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Ramos-Horta defende eleições antecipadas como solução mais democrática para Timor-Leste

Lusa 24 de Janeiro de 2018 às 10:52

O ministro de Estado timorense, José Ramos-Horta, defendeu hoje, em Bruxelas, que a melhor solução para o atual impasse político no país é a convocação de eleições antecipadas, que considera preferível a "tentar impor um arranjo de Governo".

Em declarações aos jornalistas, o antigo chefe de Estado e primeiro-ministro disse desconhecer o resultado da reunião de hoje do Conselho de Estado timorense, convocada pelo Presidente para procurar uma solução para o impasse político -- na qual não pôde participar precisamente por estar em Bruxelas para um diálogo político com a União Europeia -, mas disse esperar que a solução seja aquela que, diz, é apoiada "pela esmagadora maioria" dos timorenses e a "mais democrática": a realização de novas eleições.

"Nada mais democrático do que eleições antecipadas, e talvez melhor e mais democrático do que tentar impor um arranjo de um Governo de grande inclusão, de unidade nacional, que depois não funciona, porque as diferenças são muito grandes", tanto a nível de personalidades como de prioridades, sustentou o atual ministro de Estado e Conselheiro para a Segurança Nacional.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)