Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Rangel admite disciplinas comuns para fomentar cidadania europeia

Paulo Rangel reiterou a proposta de "um fundo europeu para a natalidade", sintetizou os princípios que a coligação PSD/CDS-PP considera estratégicos para o crescimento e emprego na União Europeia e voltou a acusar o PS de "não ter uma agenda para a Europa".
11 de Maio de 2014 às 22:10

O cabeça de lista da coligação PSD/CDS-PP às eleições europeias, Paulo Rangel, admitiu hoje a criação de disciplinas escolares comuns na União Europeia como forma de fomentar uma cidadania europeia.

O social-democrata assumiu esta posição durante uma sessão de esclarecimento com apoiantes, em Vila Real, em que também participou Nuno Melo e que contou com a presença de António Passos Coelho, pai do presidente do PSD e primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, na primeira fila da assistência.

O eurodeputado social-democrata considerou, contudo, que "a matéria da educação vai ser sempre uma matéria nacional, de competências dos Estados", acrescentando: "E evidentemente nós em Portugal não podemos deixar de ensinar história de Portugal - já pouco ensinamos nós, acho eu - nem português".

Rangel europeias disciplinas cidadania
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)