Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Ratos gigantescos viveram em Timor-Leste há mil anos

Lusa 19 de Novembro de 2015 às 03:00

Várias espécies de ratos gigantes, do tamanho de pequenos cães e que pesavam entre 1,5 e 5 quilos, viveram em Timor-Leste e tornaram-se extintos muito rapidamente há cerca de mil anos, segundo equipas de arqueólogos australianos.

Este é um dos estudos mais recentes conduzidos por arqueólogos que nos últimos anos, depois da independência de Timor-Leste, puderam realizar investigações alargadas no país, ajudando a datar alguns dos períodos históricos menos conhecidos do país.

Julien Louys, um dos elementos da equipa envolvida na investigação, explica que os fósseis descobertos confirmam que se tratava de ratos gigantes, possivelmente os maiores que já existiram e que, apesar de herbívoros poderiam ter assustado os primeiros habitantes humanos da ilha.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)