Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Redução de voos e de lugares lança crise nas agências de viagens venezuelanas

Desde 2003 que vigora na Venezuela um apertado sistema de controlo cambial que impede a livre obtenção de moeda estrangeira no país e obriga as companhias aéreas a solicitarem previamente autorização para repatriarem os capitais gerados pelas suas operações.

6 de Agosto de 2014 às 21:31

A redução de voos e da oferta de lugares disponíveis nos aviões das companhias aéreas internacionais está a provocar uma crise nas agências de viagens venezuelanas, que registam quedas de mais de 50% nas vendas, segundo fontes do setor. "À medida que passam os dias, a situação fica mais crítica. Julho foi um mês bastante representativo desta situação.

Em julho a venda de bilhetes internacionais caiu 59% (relativamente ao mesmo período de 2013) e a de bilhetes nacionais caiu 29%", disse a vice-presidente da Associação Venezuelana de Agências de Viagens e Turismo (Avavit).

Redução voos lugares lança crise agências viagens venezuelanas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)