Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Relação absolve falso padre de Barcelos

Acusado de furto e burla.
Lusa 28 de Maio de 2015 às 10:56
Tribunal absolveu um falso padre de Barcelos
Tribunal absolveu um falso padre de Barcelos FOTO: iStockphoto

O Tribunal da Relação de Guimarães absolveu um falso padre de Barcelos que tinha sido condenado, pelo Tribunal Judicial de Braga, a três anos e três meses de prisão pelos crimes de furto e burla qualificados.


O Tribunal de Braga tinha imputado ao arguido - conhecido por "falso padre" por ter presidido a celebrações religiosas um pouco por todo o país sem estar habilitado para o efeito - o furto, em março de 2013, de duas imagens de arte sacra da igreja de Senhora-a-Branca, naquela cidade, avaliadas em 7.500 euros.


O mesmo tribunal condenou também o arguido, Agostinho Caridade, por burla ao reitor daquela igreja, de quem conseguiu um empréstimo de 7.200 euros para um alegado tratamento de um suposto filho em Cuba.

Tribunal da Relação de Guimarães Barcelos Tribunal Judicial de Braga
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)