Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Relatório parlamentar britânico denuncia "falsas premissas" de intervenção na Líbia em 2011

Lusa 14 de Setembro de 2016 às 04:30

A intervenção militar britânica na Líbia em 2011 baseou-se em "falsas premissas", consideram deputados britânicos num relatório publicado na quarta-feira que faz fortes críticas ao antigo primeiro-ministro, David Cameron.

A Comissão dos Negócios Estrangeiros do parlamento britânico concluiu que houve vários erros no processo de decisão que levou Londres a intervir militarmente na Líbia, em conjunto com Paris, em 2011, oficialmente para proteger os civis reprimidos por Muammar Kadhafi.

"[O governo) não conseguiu verificar a ameaça real que o regime de Kadhafi representava para os civis; tomou em consideração, de maneira seletiva, certos elementos da retórica de Muammar Kadhafi; falhou em identificar as fações islamitas radicais no seio da rebelião", escrevem os deputados no relatório.