Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Remessas dos portugueses a trabalhar nos PALOP subiram 13,6% para 316 milhões

24 de Março de 2014 às 13:45

As remessas dos portugueses a trabalhar nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) subiram 13,6%, para 316 milhões de euros, bem acima do aumento de 8,8%, para 45,5 milhões, das verbas enviadas de Portugal.

De acordo com os dados do Boletim Estatístico do Banco de Portugal, é de Angola que é oriunda a maioria das verbas enviadas pelos emigrantes portugueses em África: dos 316 milhões de euros que vieram de terras africanas, mais de 304 milhões foram enviados de Angola (mais 12,4% face a 2012), seguidos de 7,5 milhões de Moçambique, o que representa uma subida de 51,1% face aos 5 milhões enviados de Moçambique no ano anterior.

O maior aumento percentual, ainda assim, foi oriundo da Guiné-Bissau, cujas remessas de emigrantes aumentaram 113%, apesar de se manterem em valores muito baixos - 526 mil euros no ano passado.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)