Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Restrição a direitos fundamentais "tem estado a aumentar" em Angola -- associação

Lusa 19 de Março de 2015 às 13:38

A restrição ao exercício dos direitos fundamentais "tem estado a aumentar" em Angola, avaliou a presidente da Associação Justiça, Paz e Democracia, organização angolana que acaba de publicar um relatório sobre o assunto.

Em declarações à Lusa, a partir de Luanda, a ativista Maria Lúcia da Silveira descreveu uma "degradação da situação dos defensores de direitos humanos no geral", num contexto de violação das liberdades de imprensa e de expressão e dos direitos económicos, sociais e culturais, nomeadamente o da habitação, com demolições e despejamentos forçados.

O relatório "Angola: Querem manter-nos vulneráveis. Defensores dos direitos humanos sob pressão", da autoria da Associação Justiça, Paz e Democracia (AJPD), em conjunto com o Observatório para a Proteção dos Defensores dos Direitos Humanos da Federação Internacional de Direitos Humanos, resulta de dois anos de trabalho.