Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Rússia desmente reforço de contingente militar junto à fronteira com Ucrânia

Movimentações junto à fronteira são consideradas uma "situação perigosa" pela NATO, pois aumenta a preocupação de uma intervenção militar na Ucrânia por parte de Moscovo.
6 de Agosto de 2014 às 17:51

A acusação de que a Rússia terá reforçado o contingente de 12 mil para 20 mil soldados, junto à fronteira com a Ucrânia, foi desmentida esta quarta-feira, pelo porta-voz do ministro russo da Defesa, Igor Konachenkov.

O desmentido surgiu algumas horas depois de a Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO, na sigla em inglês) indicar, em comunicado, que a Rússia terá reunido cerca de 20 mil tropas na fronteira leste da Ucrânia e poderá, alegadamente, usar uma missão humanitária ou de manutenção de paz como "desculpa" para enviá-las para o território ucraniano.

internacional Rússia desmente reforço contingente militar fronteira Ucrânia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)