Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Sá Fernandes acusa CML de favorecimento

O vereador bloquista na Câmara Municipal de Lisboa (CML), José Sá Fernandes, denunciou esta sexta-feira um suposto favorecimento da autarquia à empresa Bragaparques, do grupo Rodrigues & Névoa, num projecto urbanístico na zona da Estefânia.
19 de Janeiro de 2007 às 16:01
Segundo o autarca, que falava em conferência de imprensa, os serviços camarários indeferiram em 2005 o projecto ‘Estefanea Plaza’, devido à ausência de espaços verdes que teriam de ser incluídos no loteamento. No entanto, em Março do ano passado, o então director municipal Pires Marques, que se demitiu recentemente devido a um projecto polémico em Marvila, aprovou o processo, sem que tivessem sido feitas as alterações pedidas pela edilidade.
“Há alterações injustificáveis nos pareceres” emitidos pela autarquia, refere o vereador do Bloco de Esquerda (BE), acrescentando que o processo “suscita enorme dúvidas” e que se vai “opor frontalmente” à sua aprovação em reunião da Câmara e exigir que sejam apuradas responsabilidades.
Entre outros projectos em Lisboa, a empresa, sediada em Braga, é proprietária dos terrenos da antiga Feira Popular, em Entrecampos, depois de uma permuta com a Câmara de parte destes terrenos com os do Parque Mayer, que detinha, e de ter adquirido a área restante em hasta pública, um negócio contestado por Sá Fernandes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)