Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Salários em atraso

O V. Setúbal tem dois meses de salários em atraso, apurou o CM junto de vários jogadores.
26 de Outubro de 2011 às 01:00
Fernando Oliveira e o defesa-direito Suswam, do V. Setúbal
Fernando Oliveira e o defesa-direito Suswam, do V. Setúbal FOTO: Rui Minderico/Record

Confrontado com a situação, Fernando Oliveira confirmou e assegurou que já falou com o plantel. "Expliquei as dificuldades que estamos a ter, nomeadamente com entidades que nos devem dinheiro e por uma ou outra razão não nos pagam. Se o fizessem, não teríamos problemas", disse ao CM.

O dirigente dos sadinos adiantou, ainda, que também a crise na Banca tem "prejudicado o normal funcionamento" do Vitória a nível financeiro.

"Os jogadores sabem que somos um clube cumpridor. Já lhes pedi tempo para resolver os problemas. Sei que eles são profissionais e vão continuar a dar tudo em campo", observou.

Sobre a possibilidade de alguns futebolistas estarem a pensar em avançar para a rescisão de contrato, alegando salários em atraso (o último pagamento foi feito em Julho), Fernando Oliveira voltou a apelar à "calma". "Temos pago algumas verbas aos que ganham menos. Até agora, nenhum me disse que estava a pensar sair. Na época passada, quando esta direcção chegou havia uma data de meses de salários por pagar. Com muito esforço, acabámos por cumprir com todos. É isso que vai suceder agora", vincou.

"NAVAL TEM EQUIPA MUITO EXPERIENTE"

"Queremos passar a eliminatória e chegar à fase de grupos, mas sabemos que vamos defrontar uma boa equipa, muito experiente e que está recheada de bons jogadores, de I Liga", disse ontem Bruno Ribeiro, treinador do V. Setúbal, na antevisão do embate de hoje (16h00) com a Naval, para a Taça da Liga.

"Temos de estar ao nosso nível, porque só assim é que conseguimos ir ganhar à Figueira da Foz", acrescentou.

VITÓRIA SETÚBAL FERNANDO OLIVEIRA JOGADORES SALÁRIOS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)