Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

SAMPAIO NÃO VAI CONVOCAR ELEIÇÕES

O Presidente da República decidiu não convocar eleições antecipadas, optando por pedir ao PSD que indique um nome para chefiar o próximo Governo, antecipa o “Jornal de Negócios”. Jorge Sampaio irá fazer o anúncio formal da sua decisão ao País, em mensagem televisiva, às 21h15 desta sexta-feira.
9 de Julho de 2004 às 19:20
Após duas semanas de reflexão, durante as quais escutou diversas personalidades da vida económica, social e política, os dirigentes dos partidos com representação parlamentar e, hoje, os conselheiros de Estado, o Presidente da República anuncia hoje ao País qual a sua decisão sobre a sucessão de Durão Barroso na chefia do governo de Portugal.
Jorge Sampaio teve de optar entre convidar o partido mais votado nas últimas legislativas (PSD) a formar novo governo, ou convocar eleições antecipadas. De acordo com o “Jornal de Negócios”, a decisão do Presidente da República está tomada e dela decorrerá um convite ao PSD para que forme novo governo, presumindo-se que o próximo primeiro-ministro de Portugal seja, então, Pedro Santana Lopes, o ainda presidente da Câmara Municipal de Lisboa, eleito em sede de Conselho Nacional do PSD para suceder a Durão Barroso na presidência do partido.
Às 21h15, Sampaio dirigir-se-á ao País, através da Televisão, para anunciar a sua decisão e, principalmente, apresentar os argumentos que a sustentam.
Ver comentários