Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Sanções: BE diz que nem à luz das ideias "absurdas" europeias são defensáveis

Lusa 16 de Julho de 2016 às 01:34

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE), Catarina Martins, afirmou que o processo de aplicação de sanções a Portugal por défice excessivo é "arbitrário, discricionário, injusto e ilegítimo" e que nem à luz das ideias "absurdas" europeias é defensável.

"Todo o processo de sanções que está a ser feito contra Portugal, contra a Espanha, contra Estados e Democracias é a prova de uma liderança europeia fraca e incapaz de resolver quaisquer dos problemas reais que a Europa tem, dos refugiados ao sistema financeiro, e que se distraem em encontrar novos problemas para se mostrar forte com as economias mais frágeis", disse Catarina Martins na quinta-feira à noite, no Porto.

"Quando tantos problemas tão grandes se abatem sobre a Europa, o que os responsáveis europeus fazem? Decidem sancionar dois países do sul da Europa por umas décimas da meta do incumprimento do défice", acrescentou, durante um comício com o tema "O Bloco e as alternativas para Portugal".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)