Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

SANTINI ANUNCIA SAÍDA DA SELECÇÃO DA FRANÇA

O treinador Roger Santini anunciou que vai abandonar o cargo de seleccionador da França após o Euro’2004, parra assumir o comando técnico da décima quarta equipa da Primeira Liga inglesa, o Tottenham Hotspur.
4 de Junho de 2004 às 12:55
O anúncio de Santini, feito ontem à noite, em pleno estágio da selecção gaulesa para a fase final do campeonato europeu, que se disputa em Portugal a partir do próximo dia 12, provocou um autêntico sismo no mundo futebolístico francês. Já esta manhã, Santino convocou uma conferência de Imprensa, no centro de estágio da selecção francesa em Clairefontaine, para transmitir a garantia de que a sua decisão em nada vai afectar o empenho da equipa no Euro’2004.
Santini foi nomeado seleccionador francês, em substituição de Roger Lamerre, após o inesperado afastamento da França na primeira ronda do Mundial da Coreia e Japão (2002). O seu contrato termina no final do mês de Junho e, segundo informações não oficiais, Santini terá optado pela saída devido à recusa da federação francesa em garantir-lhe desde já um prolongamento de contrato. O que é oficial é a posição da federação de condicionar o prolongamento do contrato aos resultados obtidos pela França em Portugal.
O substituto de Santini terá de ser nomeado até Setembro próximo, altura em que tem início a fase europeia de qualificação para o Mundial de 2006. A especulação em torno dos prováveis substitutos de Santini assenta em quatro nomes: Laurent Blanc, Didier Deschamps, Jean Tigana e Raymond Domenech.
Laurent Blanc, antigo internacional campeão do Mundo (1998) e da Europa (2000), tem 38 anos de idade e será, porventura, o candidato mais popular. Não tem experiência como treinador, mas está a acabar um curso para o efeito.
Didier Deschamps, antigo capitão da selecção francesa, levou o Mónaco à final deste ano da Liga dos Campeões (onde foi derrotado pelo FC Porto) e constitui uma hipótese óbvia. Tem contrato com o Mónaco até 2005. o clube monegasco fez saber que não colocará dificuldades à saída do treinador, mas esta sexta-feira o próprio Deschamps anunciou que vai cumprir o contrato com o Mónaco até ao fim.
Jean Tigana é um histórico do futebol francês, tendo integrado a selecção francesa numa das sua fases mais brilhantes, ao lado de Michel Plaitini, com a qual foi campeão da Europa em 1984. Com 48 anos de idade, Tigana já acumulou algum prestígio como treinador, tendo conseguido o primeiro título francês para o Mónaco (1997) e colocado o Fulham na elite do futebol inglês (2001). Neste momento está desempregado.
Raymond Domenech é o treinador da selecção francesa de Sub-21. Chegou a ser apontado como substituto de Lamerre e tem a seu favor o facto de conhecer muito bem os meandros da federação francesa. Mas, desde que assumiu o comando das ‘esperanças’ francesas, em 1993, ainda não conquistou qualquer título...
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)