Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Seca: Produtores de arroz de Alcácer do Sal receiam não poder cultivar em 2018

Lusa 6 de Novembro de 2017 às 14:36

Os produtores de arroz de Alcácer do Sal, no Vale do Sado, (Setúbal), receiam não poder cultivar em 2018 caso a seca de prolongue, depois de este ano terem reduzido "20 a 30%" da área semeada.

"Para o ano corremos o risco de não fazer nada", disse hoje à agência Lusa o diretor do Agrupamento de Produtores de Arroz do Vale do Sado (APARROZ), João Reis Mendes, preocupado com a quantidade de água armazenada nas barragens de Pego do Altar e de Vale do Gaio, que abastecem os produtores de Alcácer do Sal, no distrito de Setúbal.

A redução da quantidade de água nas duas barragens nota-se "desde há três anos", o que levou à decisão dos produtores de semear arroz em menos "10 a 15%" da área em 2016 e "20 a 30%" em 2017, de um total de "5.500 a 6 mil hectares".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)