Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Segurança regressa a pouco e pouco

Com a entrada de reforços na cidade, as forças de segurança começam a pouco e pouco a reassumir o controlo das ruas na cidade de Nova Orleães, duramente atingida pela passagem do furacão “Katrina” na passada segunda-feira. Após, a evacuação quase total da cidade, começam agora os trabalhos para resgatar os cadáveres das vítimas e limpar os escombros da tragédia, sob os quais as autoridades esperam encontrar muitos corpos.
5 de Setembro de 2005 às 09:17
Segurança regressa a pouco e pouco
Segurança regressa a pouco e pouco FOTO: Reuters
Segundo dados ontem divulgados, haviam sido confirmados 218 mortos, a maioria dos quais, 152, no Estado do Mississippi, com os restantes a serem contabilizados no estado da Louisiana (59), cuja capital é Nova Orleães, e na Florida (7). No entanto, vários responsáveis já afirmaram várias vezes que o número total de vítimas poderá chegar aos milhares, adiantando que o balanço final da tragédia só será possível de fazer quando o nível das águas baixar.
Entretanto, a ordem para disparar a matar em caso de necessidade dada aos militares recém-chegados do Iraque que reforçaram os efectivos das forças de segurança enviados para Nova Orleães está a ser seguida à letra. No domingo, foram abatidos pelo menos cinco indivíduos que dispararam sobre grupos de trabalhadores contratados pelo Exército para efectuar várias reparações na cidade.
No sentido de dar seguimento às operações para limpar as ruas dos criminosos que têm causado o pânico entre os sobreviventes, perpetrando todo o tido de crimes, desde pilhagens e assaltos a violações, a principal estação de autocarros da cidade foi transformada numa prisão provisória, para onde estão a ser enviados os indivíduos detidos. Gradualmente, a lei e a ordem começam a regressar à cidade.
TEXAS NÃO PODE RECEBER MAIS REFUGIADOS
As autoridades do Estado do Texas, para onde foram enviados mais de 230 mil refugiados, anunciou, entretanto, ter atingido o limite da sua capacidade para receber deslocados, pelo que estes terão de ser agora transportados para outros estados que aceitem recebê-los, nomeadamente a Virgínia Ocidental, que já mostrou disponibilidade para isso, enviando três Hércules-C-130, aviões utilizados em transporte de tropas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)