Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Seguro promete não aumentar impostos, mas sem se comprometer com redução

6 de Maio de 2014 às 19:05

O secretário-geral do PS promete se for primeiro-ministro não aumentar impostos, nem criar qualquer programa de despedimentos na função pública, mas não se compromete com uma redução da carga fiscal, numa entrevista ao Expresso Diário.

Em entrevista parcialmente divulgada hoje na primeira edição do Expresso Diário (será publicada na íntegra na edição semanal do Expresso), o secretário-geral socialista, António José Seguro, reitera a necessidade do país "mudar de rumo", sublinhando que, apesar da "boa notícia da saída" do programa de ajustamento, "o país está pior".

À exceção do IVA na restauração, António José Seguro não se compromete com qualquer redução de impostos, alegando que não sabe em que estado irá 'receber' o país. A única promessa que deixa é: "Não haverá aumento da carga fiscal".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)