Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Selecionador prevê "quatro medalhas" nos Mundiais e dez canoístas no Rio 2016

Campeonato do Mundo vai decorrer em Moscovo.
6 de Agosto de 2014 às 12:45

O selecionador de canoagem, Ryszard Hoppe, acredita na conquista de "três ou quatro medalhas" nos Mundiais de Moscovo, de quinta-feira a domingo, e prevê que os 10 atletas da equipa nacional vão apurar-se em 2015 para o Rio 2016.

"Oitenta por cento das melhores tripulações do Mundo estão na Europa e nos Europeus ganhámos seis medalhas. Agora temos hipóteses para três ou quatro. Nos Europeus os atletas mostraram estar todos no 'top 5/6' de tripulações do Mundo nas suas distâncias", justifica.

Em declarações à Lusa, o técnico de origem polaca atribui o principal favoritismo ao pódio ao K4 tripulado por Fernando Pimenta, João Ribeiro, Emanuel Silva e David Fernandes, a Fernando Pimenta no K1 e ao K2 composto por Emanuel Silva e João Ribeiro, todos nos 1.000 metros, bem como a Teresa Portela em K1 200 e 500, nos quais a adversária da Nova Zelândia será a principal rival a "complicar as contas".

"Para o Hélder Silva (C1 200) é mais difícil, pois agora vai encontrar mais atletas fortes, nomeadamente do Brasil e Japão", sublinhou o treinador, referindo-se ao atleta que alcançou a medalha de bronze dos Europeus, a primeira da história portuguesa em absolutos desta especialidade na pista.

Canoagem Mundiais Rio 2016 Ryszard Hoope
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)