Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Ser mãe é uma bênção

Fernanda Serrano deixou ontem o Hospital da Cruz Vermelha depois de na terça-feira ter dado à luz a pequena Laura. Visivelmente feliz, a actriz, acompanhada pelo marido, teve alta ao princípio da tarde e, tal como fez aquando do nascimento de Santiago, partilhou o momento de alegria que vive.
22 de Dezembro de 2007 às 00:00
“Ser mãe do Santiago e da Laura é uma bênção. Estou tão contente que não consigo explicar a emoção”, afirmou Fernanda Serrano, acrescentando: “O Pedro está tão babado que lhe propus um desafio: já que temos sempre filhos tão bonitos, porque não repetir a dose?”
Segundo a actriz, este parto foi mais calmo do que o primeiro e, por isso, pôde “saborear todos os momentos”.
Agora prepara-se para uma nova vida. “Não sei o que me espera, mas sinto-me feliz por ser mãe a duplicar”, afirma.
Tal como a sua mãe, Ercília, também Fernanda vê semelhanças suas na filha, uma bebé “calminha e na-da rezingona”. “O pai diz que não, mas tenho uma leve sensação de que ela sai à mãe. Quando nasceu, o Santiago era a cara chapada do pai”, afirma a actriz, confessando ter receado a reacção do filho.
“Ele está habituado a ser o centro das atenções, mas não teve ciúmes. Foi muito querido com ela e até diz que vai tomar conta da irmã.”
LAURA, NÃO" PRINCESA...
A actriz e o empresário só decidiram o nome de Laura após o nascimento. Mas o irmão Santiago é que não gostou da escolha. “Assim que a viu disse que era muito bonita, mas que não se chamava Laura. Gosta mais de princesa”, conta Fernanda, acrescentando: “Quando lhe perguntei se poderia ser princesa Laura, disse logo que não. Só princesa...”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)