Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Seul e Washington iniciam negociações oficiais

Em causa está a instalação do escudo antimísseis.
Lusa 23 de Fevereiro de 2016 às 07:00
Anúncio foi feito depois de a Coreia do Norte ter lançado um satélite para o espaço
Anúncio foi feito depois de a Coreia do Norte ter lançado um satélite para o espaço FOTO: Getty Images

Seul e Washington vão assinar esta semana um acordo para iniciar oficialmente as conversações para a instalação do escudo antimísseis norte-americano THAAD na Coreia do Sul, informou esta terça-feira o Ministério da Defesa sul-coreano.

Ambas as partes vão firmar, em Seul, um documento com os "termos de referência" do THAAD - que inclui as suas possíveis localizações - entre quarta e quinta-feira, "depois de afinar alguns detalhes que ainda estão pendentes", segundo disse um porta-voz da Defesa sul-coreana à agência Efe.

Após subscrever o pacto, esta semana, Coreia do Sul e Estados Unidos vão formar um grupo de trabalho para negociar os principais aspetos relacionados com o destacamento do sistema antimísseis, como a distribuição dos custos.

Seul e Washington anunciaram, no início deste mês, negociações para a instalação em território sul-coreano do THAAD, concebido para intercetar mísseis na sua fase final de voo.

O anúncio foi feito depois de a Coreia do Norte ter lançado um satélite para o espaço, mas que a comunidade internacional considera ter sido um teste encoberto de mísseis.

Em estudo está a possibilidade de instalar o escudo em Pyeongtaek, uma localidade a 70 quilómetros a sul de Seul onde os EUA têm instalações militares dos Estados Unidos, sendo que as primeiras estimativas de custos rondam um bilião de won (cerca de 740 milhões de euros), segundo a Defesa sul-coreana.

O projeto desencadeou protestos da Coreia do Norte, China e Rússia.

Seul Washington Coreia do Sul defesa escudo antimísseis
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)