Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Seul vai parar com propaganda se Pyongyang pedir desculpa

Os dois países estão reunidos desde sábado para evitar um conflito.
Lusa 24 de Agosto de 2015 às 05:24
Park Geun-Hye
Park Geun-Hye FOTO: EPA

A Presidente da Coreia do Sul, Park Geun-Hye, declarou esta segunda-feira que Seul não vai "desligar" os altifalantes que difundem propaganda na fronteira com a Coreia do Norte enquanto Pyongyang recusar pedir desculpa.

A Coreia do Norte deve apresentar "claras desculpas" e prometer não se envolver em "novas provocações", afirmou a chefe de Estado sul-coreana, numa reunião com os seus conselheiros.

Pyongyang desencadeou a atual crise com as suas "atividades provocadoras", realçou Park Geun-Hye.

As duas Coreias realizam, desde o passado sábado, uma maratona negocial com vista a tentar evitar uma escalada da tensão na península.

As rondas de diálogo, com funcionários de alto nível, têm lugar na aldeia fronteiriça de Panmunjom, onde foi assinado o cessar-fogo da guerra de 1950-1953.

A atual crise teve início depois de dois soldados sul-coreanos terem ficado feridos na sequência de uma explosão de minas antipessoais, um incidente que Seul acusa Pyongyang de ser responsável.

Em jeito de represália, a Coreia do Sul voltou a ligar, na semana passada, os altifalantes que difundem mensagens de propaganda na fronteira, ao fim de 11 anos de silêncio.  

Coreia do Sul Coreia do Norte conflito Park Geun-Hye desculpas distúrbios guerras e conflitos política
Ver comentários