Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Sindicato afirma que evacuações médicas aéreas nos Açores "não estão garantidas"

Lusa 26 de Abril de 2017 às 17:54

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil (SINTAC) alertou hoje que as evacuações médicas aéreas "não estão garantidas" em todas as ilhas dos Açores porque a SATA Gestão de Aeródromos (SGA)não possui um sistema de prevenção.

A direção do SINTAC, liderada por Filipe Rocha, explicou, em comunicado enviado às redações, que para se realizar uma evacuação médica aérea de uma ilha onde não existem todos os serviços e valências médicas necessárias, "é posta em funcionamento uma equipa multidisciplinar".

Esta equipa inclui o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, que coordena a operação, a equipa médica do centro de saúde de origem, que acompanha o doente durante a viagem, a do hospital para onde vai ser transportado o doente, os bombeiros que efetuam o transporte terrestre, a tripulação da aeronave que efetua o transporte aéreo e os trabalhadores dos aeroportos de origem e destino que possibilitam a operação da aeronave.