Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Trabalhadores dos Impostos querem serviços abertos à hora do almoço

Repartições encerram entre as 12h30 e as 14h00.
Lusa 27 de Janeiro de 2016 às 12:28
"É uma proposta positiva sob todos os aspetos", diz o presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos
'É uma proposta positiva sob todos os aspetos', diz o presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos FOTO: Luís Costa

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos considerou esta quarta-feira que a reposição das 35 horas semanais de trabalho na função pública beneficiará "toda a gente" e defende a abertura dos serviços à hora do almoço.


Em declarações à agência Lusa, Paulo Ralha afirmou que as atuais horas de atendimento, que foram aumentadas depois da entrada em vigor do diploma que alargou o período laboral para as 40 horas semanais na função pública, poderão ser mantidas "com o não encerramento dos serviços à hora do almoço".


Atualmente as repartições de finanças encerram entre as 12h30 e as 14h00.


"É uma proposta positiva sob todos os pontos. Para nós [trabalhadores] seria bom porque permitia-nos sair mais cedo e para os contribuintes seria vantajoso que passassem a poder usar a sua hora de almoço para se dirigirem aos serviços de finanças, sem ter que faltar ao trabalho", disse.  


Desta forma, continuou, melhora-se o atendimento ao público e a motivação dos funcionários.

presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos repartição de impostos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)