Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Blogger condenado por atacar religiões na Net

Singapura considera que adolescente incitava ao ódio religioso nas redes sociais.
29 de Setembro de 2016 às 07:48
O 'blogger' Amos Yee, de 17 anos
O 'blogger' Amos Yee, de 17 anos FOTO: Reuters

Um tribunal de Singapura condenou esta quinta-feira o 'blogger' Amos Yee, de 17 anos, a um mês e meio de prisão por incitar ao ódio religioso na internet, uma sentença condenada pela organização Human Rights Watch (HRW).

Yee, que também tem de pagar uma multa de 2.000 dólares de Singapura (1.300 euros), declarou-se culpado pela publicação de várias mensagens no Facebook e no Youtube contra o cristianismo e o islão, segundo o jornal Straits Times.

O procurador-adjunto Hon Yi afirmou que o adolescente, que já fora condenado por injúrias no ano passado, atacou "cinicamente" os sentimentos religiosos para ganhar atenção e acrescentou que, apesar de jovem, é suficientemente maduro para ser responsável pelos seus atos.

N. Kanagavijayan, advogado de Yee, disse que o seu cliente, que arriscava uma pena máxima de três anos de prisão, admitiu a sua culpa e mostrou arrependimento por ter ofendido cristãos e muçulmanos com as suas mensagens nas redes sociais.

Contudo, a sentença mereceu críticas por parte da HRW, com a organização de defesa dos direitos humanos a considerar que viola o direito de expressão.

"Ao julgar Amos Yee pelos seus comentários -- independentemente de quão escandalosos possam parecer --, Singapura persegue uma estratégia que viola claramente o direito de expressão", observou, em comunicado, o subdiretor da HRW para a Ásia, Phil Robertson.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)