Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

SÍRIA ALERTA SOBRE RESISTÊNCIA IRAQUIANA

O presidente sírio, Bachar al-Assad, advertiu hoje os EUA e a Grã-Bretanha sobre a resistência que vão encontrar no Iraque, alertando os dois Estados aliados de que não poderão controlar a totalidade do país no pós-guerra.
27 de Março de 2003 às 15:56
Al-Assad, em entrevista ao jornal “As Safir”, declarou que a resitência no Iraque será “feroz”, pelo que Washington e Londres “não poderão controlar a totalidade” daquele país árabe.
Segundo o chefe de Estado sírio esta guerra serviu para clarificar a posição de cada país. Al-Assad salienta que o presente conflito armado ajudou a “rectificar a imagem errada” de que esta é uma guerra entre cristão e muçulmanos, reportando-se ao discurso norte-americano depois dos atentados de 11 de Setembro.
Pondo em causa o triunfo da coligação anglo-americana sobre a guerra no Iraque, Bachar al-Assad referiu que em caso de vitória por parte dos aliados “a resistência não se limitará o exército e povo iraquianos, mas ao mundo árabe”.
Bachar al-Assad definiu o presente conflito como “uma ocupação clara e uma agressão cega contra um país membro” e, neste sentido, defendeu que o futuro da ONU dependerá a forma como lidar com a guerra no Iraque.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)