Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Síria: Regime de Damasco aceita cessar-fogo

Apesar disso diz continuar a combater os "grupos terroristas" como o Daesh.
Lusa 23 de Fevereiro de 2016 às 10:06
A guerra na Síria já dura há cinco anos
A guerra na Síria já dura há cinco anos FOTO: Getty Images

O regime de Damasco anunciou esta terça-feira que aceitava a proposta russo-norte-americana de cessar-fogo na Síria, mas que ia continuar a combater os "grupos terroristas" como o Daesh e a Frente Al-Nosra, excluídos do acordo.

"A República Árabe Síria anuncia que aceita a cessação das hostilidades, com base na continuação das operações militares para lutar contra o terrorismo do Daesh, a Frente Al-Nosra e os outros grupos terroristas que estão relacionados, em conformidade ao anúncio russo-norte-americano", indicou o Ministério dos Negócios Estrangeiros sírio, em comunicado.

Japão felicita acordo de cessar-fogo

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão saudou esta terça-feira o acordo entre EUA e Rússia sobre o cessar-fogo na Síria, que entra em vigor no sábado, e prometeu contribuir para melhorar a estabilidade no Médio Oriente.

"Damos as boas-vindas ao acordo e esperamos que todas as partes envolvidas no conflito aceitem a resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre o processo de paz na Síria", disse Fumio Kishida, durante uma conferência de imprensa.

O Japão "envidará esforços para melhorar a estabilidade no conflito na Síria através da ajuda humanitária" e, entretanto, "trabalhará de maneira estreita com os países implicados", acrescentou.

China saúda cessar-fogo

O Governo chinês saudou o acordo para o cessar-fogo na Síria, efetivo a partir do próximo sábado, considerando que possibilitará uma solução política para o conflito que desde 2011 já causou mais de 250.000 mortos.

"Celebramos o cessar-fogo e o cessar das hostilidades (...) ajudará a impulsionar uma solução política", afirmou uma porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Hua Chunying.

Hua considerou que o acordo prova que todas as partes implicadas se estão a esforçar para traduzir o seu consenso em ações concretas.

Síria terrorismo distúrbios guerras e conflitos cessar-fogo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)