Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Situação financeira mundial está "tão perigosa" como em 2007-2008

Garantia é dada pelo ex-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet.
Lusa 4 de Setembro de 2018 às 13:22
Jean-Claude Trichet
Jean-Claude Trichet
Jean-Claude Trichet
Jean-Claude Trichet
Jean-Claude Trichet
Jean-Claude Trichet
Jean-Claude Trichet
Jean-Claude Trichet
Jean-Claude Trichet

A situação financeira atual está "tão perigosa" agora como em setembro de 2008, aquando da quebra do banco norte-americano Lehman Brothers, considerou esta terça-feira o ex-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet.

"É agora reconhecido que a enorme dívida nas economias avançadas tem sido um fator chave no desencadeamento da crise financeira mundial de 2007 e 2008", declarou Trichet à agência France Presse (AFP).

Hoje, "o crescimento da dívida dos países desenvolvidos - em particular privada - abrandou, mas este abrandamento é compensado por uma aceleração da dívida nos mercados emergentes. É isto que torna atualmente todo o sistema financeiro global, pelo menos, tão vulnerável, se não mais, do que em 2008 ", disse o responsável pelo BCE entre 2003 a 2011.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)