Sócrates acusa Passos de insultar meio milhão de portugueses

O secretário-geral do PS afirmou esta terça-feira que o líder do PSD "ultrapassou todos os limites" ao dizer que o programa Novas Oportunidades pretende "certificar a ignorância".
17.05.11
  • partilhe
  • 0
  • +
Sócrates acusa Passos de insultar meio milhão de portugueses
Foto DR

"Não se trata apenas de insultar o Governo e a mim próprio, coisa que faz muitas vezes, mas trata-se de insultar os 500 mil portugueses que obtiveram com o seu esforço e coragem uma melhoria das suas habilitações", disse José Sócrates no Funchal, num almoço-comício de pré-campanha que encheu o cais da capital madeirense, espaço que ficou vedado à população.

Para o secretário-geral do PS, Passos Coelho revelou  "ignorância" ao defender uma auditoria externa, porque essa análise já foi efectuada. A resposta do PSD surgiu por intermédio do deputado Pedro Duarte, que lembrou que a auditoria em questão, feita pela Universidade Católica, não avaliou a qualidade das aprendizagens.

Já o líder do PS-Madeira, Jacinto Serrão, criticou o facto de Passos Coelho não ir à Madeira nesta campanha para "não quer ser confrontado com as políticas de regabofe de Alberto João Jardim, nem com a situação de falta de democracia e desrespeito  pelas regras elementares do Estado de direito". "Se quer ser primeiro-ministro não pode excluir uma parcela do território  português", concluiu.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!