Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Advogados de Sócrates deram nova conferência de imprensa

Advogados afirmaram que a detenção de Joaquim Barroca é um "espectáculo encenado".
Lusa 24 de Abril de 2015 às 23:31
Os advogados assinalaram os 5 meses de detenção do ex-primeiro-ministro
Os advogados assinalaram os 5 meses de detenção do ex-primeiro-ministro FOTO: José Sena Goulão/Lusa

Os advogados de José Sócrates disseram, esta sexta-feira, que a detenção do administrador do Grupo Lena Joaquim Barroca, no âmbito da 'Operação Marquês', faz parte de um "espetáculo encenado" pelo Ministério Público para manter detido o ex-primeiro-ministro.

João Araújo e Pedro Delile fizeram, esta sexta-feira à noite, em Lisboa, uma conferência de imprensa para reafirmar que não existe qualquer ligação entre as detenções de José Sócrates e de Joaquim Barroca, sublinhando que hoje[sexta-feira] se cumprem cinco meses da detenção do político socialista, na véspera do Dia da Liberdade.

Pedro Delille lamentou o "clima de aceitação que se ache normal" que a José sócrates, enquanto arguido, não lhe tenha sido feita a dedução de acusação e os seus fundamentos.

Para os advogados, a detenção do administrador do Grupo Lena é "uma cortina de  fumo que esconde mal, definitivamente mal, o insucesso da investigação".

Ver comentários