Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Sócrates está refém do PS diz Bagão

O ex-ministro da Segurança Social, Bagão Félix, diz que as propostas do Governo para a reforma nesta área são mera "cosmética" e uma cedência a algumas facções internas do Partido Socialista acusando o Executivo de estar a manipular números.
18 de Setembro de 2006 às 20:57
"Não é apenas um problema financeiro ou de contas, mas sim um problema de opções políticas", salienta Bagão Félix sublinhando que "com esta reforma o Governo está a dizer aos portugueses que o sistema vai falir um pouco mais tarde".
O ex-ministro diz que esta é uma reforma de "cosmética" e "arrogante" que revela falta de cultura democrática: "O Governo tem mais tempo para 20 reuniões da concertação social do que para reunir com os outros partidos o que é uma falta de respeito pelo parlamento".
Bagão Félix considera ainda que José Sócrates está refém do próprio partido em relação à implementação de um sistema misto [público e privado] da Segurança Social: "A questão do sistema misto é sobretudo ideológica, e o Governo não avança por causa de um determinado sector mais à esquerda dentro do PS."
Ver comentários