Sporting faz tratado de paz com as claques

Comissão de Gestão garante que feridas foram saradas e voltou a paz ao clube.
Por Tânia Laranjo|26.07.18

O Sporting promete novas regras nas suas relações com as claques. A primeira terá a ver com os bilhetes que são fornecidos aos quatro grupos organizados que a partir de agora terão o valor pelo qual podem ser comercializados. Trata-se de uma obrigatoriedade legal que visa combater a fraude fiscal e evitar a especulação na venda desses bilhetes que muitas vezes são oferecidos pelos clubes e que permitem que as claques tenham uma contabilidade paralela.

O anúncio foi feito esta quarta-feira na conferência de imprensa onde a Comissão de Gestão do Sporting anunciou a paz na relação com as claques. Sousa Cintra e Torres Pereira garantiram que o leão sarou as suas feridas e prometem já este sábado, na apresentação da equipa frente ao Marselha, que as claques farão parte da festa do futebol. "Vamos fazer desse jogo uma verdadeira festa da família", disse o presidente da Comissão de Gestão.

Na mesa, ao lado dos dirigentes, estiveram representantes das quatro claques, mas Mustafá, o chefe da Juve Leo, foi o grande ausente. Ele que foi identificado pelo juiz de instrução como suspeito do ataque de Alcochete, fez-se representar pelo seu número dois.
Torres Pereira não quis comentar a tentativa de apoiantes de Bruno marcarem uma assembleia geral. "Isso é matéria da Mesa da AG", garantiu.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!