STCP disponibiliza internet gratuita

Sete mil utentes da Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP) já se registaram no sistema que permite acesso gratuito à internet nos autocarros da linha 207, pelo que o serviço experimental vai prolongar-se até Setembro.
26.07.12
  • partilhe
  • 0
  • +
STCP disponibiliza internet gratuita
Utentes usam telemóvel para aceder à internet Foto d.r.

A informação foi esta quinta-feira divulgada à Lusa pelo Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores (INESC) do Porto, um dos parceiros do projecto posto em prático desde Dezembro na linha da STCP que liga Campanhã ao Mercado da Foz.

O "serviço experimental", que inclui o acesso a televisão digital gratuita, "deveria terminar em Junho, mas os bons resultados devem garantir um prolongamento até setembro", refere o INESC, em comunicado enviado à Lusa.

"O telemóvel é a tecnologia usada" por 90 por cento dos "sete mil utentes registados no sistema que permite aceder gratuitamente à internet 'wireless' de banda larga" nas viagens dos 11 autocarros que fazem aquele trajecto, adianta o serviço de comunicação daquele instituto.

Nos primeiros seis meses da aplicação do serviço "foram 77 mil as sessões de acesso à Internet iniciadas e o sistema experimental chegou a suportar 50 utilizadores em simultâneo", acrescenta o comunicado.

"Os passageiros da linha 207 da STCP têm ainda acesso a TV Digital gratuita, que disponibiliza notícias nacionais e regionais produzidas pelo Porto Canal e pela rede de informação Porto24, agenda cultural, informação intermodal e mensagens da comunidade local", refere o INESC.

O instituto observa que "a disponibilização de TV Digital gratuita é valorizada por 89,4 por cento dos utentes da STCP, segundo um estudo da PSZ Consulting".

"O mesmo estudo atribui às notícias o papel de conteúdo mais relevante para 90 por cento dos passageiros", afirma o INESC.

O serviço é o resultado do "projeto SITMe - Serviços Integrados para Transportes Metropolitanos)", desenvolvido pela Xarevision, INESC e Universidade do Porto, tendo a STCP oferecido disponibilidade "para os testes do projeto".

O SITMe foi cofinanciado pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!