Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Supremo atenua culpa da Refer em acidente numa passagem de nível em Valença

Lusa 17 de Outubro de 2017 às 16:59

O Supremo Tribunal de Justiça decidiu repartir as culpas de um acidente numa passagem de nível sem guarda em Valença, em 60% para a Infraestruturas de Portugal (IP), sucessora da Refer, e em 40% para o condutor da viatura.

Com aquela decisão, que consta de um acórdão datado de 03 de outubro e hoje consultado pela agência Lusa, foi reduzido o valor da indemnização a atribuir pela empresa pública ao condutor, na altura dos factos com 36 anos de idade e proprietário de uma empresa de distribuição de publicidade.

Em março, o Tribunal da Relação de Guimarães condenou a IP ao pagamento de uma quantia de 202.583 euros ao condutor do veículo ligeiro colhido em 2009 naquela passagem de nível sem guarda.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)