Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Supremo do Brasil quer colaboração premiada também para criminalidade violenta

Lusa 22 de Abril de 2019 às 13:48

O juiz do Supremo Tribunal Federal do Brasil Alexandre de Moraes defendeu hoje a aprovação de legislação específica e "mais dura" para a criminalidade organizada violenta, que inclua também a colaboração premiada.

"A criminalidade organizada não violenta, como a corrupção, que também é gravíssima, já tem legislação boa. A colaboração premiada é aplicada à corrupção e dá resultados. Ninguém vê uma colaboração premiada contra o narcotráfico, o tráfico de armas ou as milícias. Não há essa possibilidade real", disse.

Alexandre de Moraes falava aos jornalistas, em Lisboa, no final da sua intervenção no VII Fórum Jurídico de Lisboa, que decorre hoje, terça e quarta-feira, abordando temas da justiça e tendo a participação de vários governantes portugueses e brasileiros, além de juristas, académicos e investigadores na área judicial.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)