Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Supremo Tribunal da Holanda proíbe grupo defensor de pedofilia

A Associação Martijn foi criada há mais de três décadas.
18 de Abril de 2014 às 15:06

O Supremo Tribunal da Holanda decidiu, esta sexta-feira, proibir e dissolver um grupo defensor da pedofilia, a Associação Martijn, que foi criada no país há mais de três décadas.

"O Supremo Tribunal determinou que a Associação Martijn se dissolva e seja proibida, porque as suas atividades são contrárias à ordem pública", lê-se num comunicado da instituição.

Os juízes consideraram que a organização "banaliza os perigos dos contactos sexuais com crianças, louva esse tipo de contacto e promove opiniões a seu favor".

holanda associação martijn pedofilia proibição supremo tribunal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)