Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Supremo Tribunal Popular chinês quer mais controlo sobre "Internet desordeira"

Lusa 10 de Outubro de 2014 às 05:30

O Supremo Tribunal Popular chinês está a pressionar as operadoras de serviços de Internet a disponibilizar os dados pessoais dos utilizadores suspeitos de "violação de direitos".

A decisão do tribunal faz parte de novas diretrizes judiciais, emitidas hoje, e constitui o mais recente esforço do Partido Comunista de exercer controlo sobre as redes sociais populares na China.

De acordo com o jornal oficial China Daily, o tribunal também quer acabar com a publicação de comentários pagos na Internet, uma tática a que Pequim também recorre para tentar "guiar a opinião pública" e reprimir a dissidência.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)