Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Suspeito de fraude com barras de ouro adulteradas na China fugiu para Portugal -- imprensa

Lusa 22 de Outubro de 2019 às 07:22

O suspeito de uma fraude que envolve empréstimos sobre ouro adulterado, que provocou perdas totais superiores a 2,4 mil milhões de euros em vários bancos do noroeste chinês, terá fugido para Portugal, informou hoje a imprensa local.

O esquema remonta a 2015, quando um primeiro empréstimo de 20 milhões de yuan (2,5 milhões de euros) foi concedido a um agricultor chamado Yang Jun pela Cooperativa de Crédito Rural do Condado de Tongguan, na província de Shaanxi, escreve a revista chinesa Caixin.

Como garantia sobre o empréstimo, Yang deixou 26 barras de ouro, com o peso total de 100 quilos.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)