Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Suspensão da nova refinaria e mudança nas Finanças prejudicam imagem de Angola - Economist

Lusa 14 de Setembro de 2016 às 11:16

A Economist Intelligence Unit (EIU) considera que a recente remodelação governamental e o anúncio da suspensão da construção da segunda refinaria no Lobito prejudicam a imagem externa de Angola e enviam "mensagens contraditórias aos investidores".

Em duas notas de análise sobre o anúncio da suspensão da construção da segunda refinaria do Lobito e sobre a subsituição do ministro das Finanças pelo presidente do Conselho de Administração da Comissão de Mercado de Capitais (CMC), Augusto Archer Mangueira, a unidade de análise económica da revista britânica diz que as notícias são surpreendentes e que afetam a confiança dos investidores.

"A decisão de suspender os trabalhos nestes dois projetos de bandeira [segunda refinaria do Lobito e estação petrolífera de águas profundas na Barra do Dande] mostram a profundidade das dificuldades financeiras da Sonangol, que durante anos foi o motor da economia angolana", escrevem os analistas da Economist numa nota a que a Lusa teve acesso.