Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Tailândia: Amnistia Internacional ataca restrição de liberdades após golpe de Estado

24 de Maio de 2014 às 06:15

A Amnistia Internacional (AI) condenou hoje a detenção de manifestantes que contestam o golpe de Estado na Tailândia e pediu à juntar militar para levantar as "duras" restrições de liberdade de expressão e reunião.

Pelo menos três pessoas foram presas na sexta-feira em Banguecoque, segundo a organização, durante um protesto contra a intervenção dos militares e para reivindicar o restabelecimento de uma autoridade civil e democrática.

"A prisão de manifestantes pacíficos pelos soldados é um precedente perigoso. As pessoas que somente expressam opiniões não devem ser penalizadas", disse em comunicado o diretor da Amnisitia Internacional para a Ásia e Pacífico, Richard Bennett.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)