Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

PCP viabiliza inquérito em Tancos mas quer ir mais longe nas responsabilidades políticas

Deputado comunista Jorge Machado disse que o PCP "não colocará obstáculo" à iniciativa do CDS-PP.
Lusa 26 de Setembro de 2018 às 12:50
Polícia Judiciária Militar, Base Militar de Tancos, PJ
PJ
Polícia Judiciária Militar, Base Militar de Tancos, PJ
PJ
Polícia Judiciária Militar, Base Militar de Tancos, PJ
PJ

O PCP viabilizará a proposta do CDS-PP para uma comissão de inquérito ao caso de Tancos apesar de considerar que é uma iniciativa precipitada e com "agenda política", sugerindo o apuramento das responsabilidades políticas de "sucessivos Governos".

Em declarações aos jornalistas no parlamento, o deputado comunista Jorge Machado disse que o PCP "não colocará obstáculo" à iniciativa do CDS-PP, sugerindo contudo que "seria mais prudente" aguardar pelo fim da investigação criminal para que os grupos parlamentares pudessem ter acesso a dados que estão em segredo de justiça.

"A iniciativa parece-nos precipitada e claramente forçada por uma agenda política do CDS-PP, que fica muito aquém daquilo que seriam as expectativas uma vez que a informação relevante não está acessível", disse Jorge Machado.

Considerando que "a justiça está a funcionar" e que "isso é positivo", Jorge Machado sustentou que uma comissão de inquérito deve apurar não só as responsabilidades políticas do atual Governo e do ministro da Defesa Nacional e das "altas estruturas do Exército", mas também as responsabilidades de "sucessivos Governos do PS, PSD e CDS".

"Parece-nos que o Ministério da Defesa Nacional tem tido um comportamento muito aquém do desejável", considerou, reiterando recear que a responsabilidade "vá morrer no praça ou no sargento que estava de vigia naquele dia e não nos responsáveis da alta estrutura militar que permitiram que a estrutura de Tancos chegasse ao ponto que chegou".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)