Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

PCP abismado com "desautorização" de Passos a Pires de Lima

Jerónimo de Sousa diz que "ficou claro que a privatização tem como objetivo o despedimento".
Lusa 17 de Janeiro de 2015 às 14:29
Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP
Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP FOTO: Tiago Petinga/Lusa

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou este sábado ter ficado abismado com "a desautorização clara" do ministro da Economia pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, no âmbito da privatização da TAP, que o partido condena.

"Ficámos abismados com o ministro [Pires de Lima] a dizer uma coisa e o primeiro-ministro a dizer, no dia seguinte, uma coisa diferente, com a desautorização clara do ministro da Economia", afirmou Jerónimo de Sousa, à margem de uma visita ao lar da Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos do Seixal.

Segundo o líder do PCP, ficou claro que "a privatização tem como objetivo o despedimento [...] e esse é o elemento mais relevante" deste episódio.

PCP Jerónimo de Sousa Pedro Passos Coelho desautorização TAP Pires de Lima
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)