Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Taxistas propõem aumento de multas a operadores ilegais para 4.000 euros

Lusa 5 de Fevereiro de 2016 às 16:51

A Federação do Táxi defendeu hoje o aumento de multas de 200 para 4.000 euros para os transportadores "clandestinos", salientando que a proposta "não é um fato feito à medida para a aplicação Uber", mas também para taxistas ilegais.

A proposta foi levada pela Federação Portuguesa do Táxi (FPT) a uma primeira reunião com o secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes, realizada hoje em Lisboa, numa altura em que se discute o enquadramento das várias plataformas de transportes, nomeadamente a aplicação informática Uber, contra a qual os taxistas têm protestado.

"Nós aqui, quando falamos em ilegais, metemos toda a gente, não metemos só a plataforma da Uber, metemos todos aqueles que desenvolvem atividade sem estarem licenciados para o efeito", afirmou Carlos Ramos, da FPT, considerando que neste caso "há pouca convicção da parte da secretaria de Estado em atuar de imediato".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)