Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

TC: PSD acusa Governo de arrogância

O secretário-geral do PSD, Miguel Macedo, acusou este sábado o Governo de adoptar uma atitude “arrogante” face às conclusões do Tribunal de Contas (TC) sobre os gastos e as nomeações dos gabinetes governamentais.
28 de Abril de 2007 às 18:36
“Em vez de tentar corrigir a situação e mudar, o Governo comporta-se com arrogância e tenta minimizar os reparos do TC”, afirmou Miguel Macedo, acrescentando que o Tribunal “confirmou agora todos os reparos constantes num seu anterior relatório sobre gastos exagerados e nomeações excessivas para os gabinetes ministrais, incluindo o do Primeiro-ministro”.
Recorde-se que o TC elaborou um relatório dos últimos três anos de Governo, em que concluía haver transferências financeiras sem justificação e opacidade em vários despachos de recrutamento de pessoal.
O secretário de Estado da Presidência, Jorge Laicão, negou a validade dos dados do TC, argumentando que só 1% das transferência financeiras detectadas por esta entidade dizem respeito a despesas de funcionamentos dos gabinetes governamentais, decorrendo as restantes 99% da legislação em vigor. O governante insurgiu-se ainda contra o número de contratações que o TC afirmava terem sido feitas por José Sócrates, 148.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)